terça-feira, 19 de outubro de 2021

No dia dos professores, Vereador, Marcos Coelho, cobrou a prefeita sobre o paradeiro dos precatórios do FUNDEF

"Dia dos nossos colegas Professores e das nossas colegas Professoras: além de receberem a justa e maior homenagem por fazerem Camocim prosperar com seus ensinamentos; é também momento de questionar a Prefeita-professora Elizabete Magalhães: cadê os quase 30 milhões do precatório do FUNDEF ?", postou nesta sexta-feira, 15, em suas páginas nas redes sociais o vereador Marcos Coelho, fazendo recortes de matérias e postagens suas cobrando o precatório dos professores nos últimos anos. 

O pleito dos professores pelo pagamento dos precários em Camocim virou guerra litigiosa na justiça contra a então prefeita Mônica Aguiar que negou o pagamento da verba mesmo após reiteradas manifestações judiciais. 

Diversos requerimentos cobrando a transparência quanto a destinação do recurso milionário foram protocolados na Câmara, porém, com desaprovação por parte da bancada de situação. 

Em sua entrevista ao sindicato Apeoc de Camocim, durante sua campanha eleitoral, a atual Prefeita Betinha respondeu “sim, integralmente” quando indagada sobre o rateio da verba com os professores. 

Até agora, passados quase um ano de seu governo, nenhuma manifestação sobre o recurso foi dirigida a classe. 

André Martins/ com Revista Camocim

Nenhum comentário:

Postar um comentário